FecharX

Com muita arte e contemplação, série sobre Inhotim chega à Netflix

Produção conta a história do Instituto de arte contemporânea, com presença de vários artistas que possuem obras expostas no museu



Créditos da imagem: Inhotim - Arte Presente/ copyright Pedro Urano
Main 79793023 scserie inhotim arte presente atracao do canal curta21na foto tunga tema do primeiro e
Redação Sou BH
29/09 às 14:08
Atualizado em 29/09 às 14:08

Lançada originalmente em 2018, no canal Curta!, a série documental Inhotim – Arte Presente chega à plataforma de streaming Netlix. A produção já está disponível desde o último dia 15, e o seu conteúdo oferece ao telespectador a oportunidade de se aproximar do ofício e do universo criativo particular de alguns artistas cujas obras compõem a coleção riquíssima do instituto.

Ainda que não substitua propriamente o encontro presencial com as obras artísticas, a série, premiada no 18ª Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, funciona como um aprofundamento no universo de alguns criadores. Os 13 episódios dirigidos pelo cineasta Pedro Urano focam no trabalho de grandes nomes da arte contemporânea, como Claudia Andujar, Giuseppe Penone, Rirkrit Tiravanija, Cildo Meireles, Chris Burden (1946-2015), Miguel Rio Branco, Matthew Barney, Jorge Macchi e Olafur Eliasson.

Com uma olhar apurado, o cineasta e diretor do projeto lança uma perspectiva totalmente nova sobre o museu e expõe as suas particularidades de uma forma potente e agregadora. O episódio dedicado à fotógrafa Claudia Andujar, por exemplo, aborda os povos indígenas, fonte de inspiração para a obra dela. As cenas do episódio em questão exibe a visita de 15 indígenas à galeria de Inhotim na qual estão as fotos da artista, fortalecendo essa ideia de obra e inspiração. Os outros episódios completos, você pode conferir na Netflix.

Tags:
  • sou bh
  • belo horizonte
  • inhotim
  • Inhotim - Arte Presente
  • documentário
  • Netflix
  • arte contemporânea
Comentários

Comentários