FecharX

Filmes produzidos em Belo Horizonte vão para o catálogo da Netflix

Temporada e Elon não Acredita na Morte foram rodados na capital e região metropolitana, e contam a história de personagens das cidades


Créditos da imagem: Divulgação / Vitrine Filmes
Main capa
Redação Sou BH
31/12/19 às 09:00
Atualizado em 31/12/19 às 09:00

A Netflix é a plataforma de streaming mais popular entre os brasileiros. Em 2019, dois filmes rodados em Belo Horizonte entraram para o catálogo da empresa. Temporada e Elon não Acredita na Morte foram produzidos por mineiros e falam sobre personagens locais.

Temporada foi escrito pelo cineasta belo-horizontino André Novais Oliveira. O longa conta a história de Juliana, que está se mudando de Itaúna, no interior de Minas, para a periferia de Contagem, na Grande BH, para trabalhar no combate à endemias. A produção ganhou o primeiro lugar do prêmio de melhor filme da 51ª Edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O título tem classificação de 12 anos.

Elon não Acredita na Morte é uma ficção produzida por Ricardo Alves Júnior. O filme começa após o desaparecimento da esposa do personagem principal, Elon, que imerge em uma jornada pelos cantos mais sombrios da cidade, na busca de entender o que pode ter acontecido com Madelena. O longa tem cenas conhecidas dos moradores da capital, como a estação central do metrô. A classificação etária da produção é de 18 anos.

Os filmes feitos em Belo Horizonte não param por aí. Conheça outros títulos que são ambientados em lugares que, com certeza, você conhece:

Baronesa

Baronesa foi produzido por Juliana Antunes e lançado em 2017. O filme conta a história de duas amigas que moram na Vila Mariquinhas, na região Norte de BH. Enquanto Andreia quer se mudar para o bairro Baronesa, em Santa Luzia, na região metropolitana, Leid espera o marido sair da cadeia. O longa tem classificação de 16 anos.

No Coração do Mundo

No Coração do Mundo foi gravado no bairro Jardim Laguna, em Contagem, e conta sobre a vida de Marcos e sua busca para sair da rotina de trabalhos informais e pequenos delitos. Durante esse processo surge uma oportunidade arriscada, mas que pode mudar a sua vida. O filme foi produzido por Gabriel Martins e Maurílio Martins, lançado em 2019, e não é recomendado para menores de 16 anos.

Tags:
  • sou bh
  • Elon não Acredita na Morte
  • temporada
  • Netflix
  • belo horizonte
  • filmes
Comentários

Comentários